DesportoNacionalNotíciasSporting

Tribunal Arbitral anunciou decisão sobre Paulinho por chamar árbitros de corrupto

O Tribunal Arbitral do Desporto anunciou a decisão.

A expulsão de Paulinho na final da Taça da Liga, diante do FC Porto, em 2023, continua a dar que falar. O jogador do Sporting foi punido com dois jogos de castigo e multa de 2.555 euros por, segundo relatório do julgado João Pinheiro, ter-se dirigido “ao quarto julgado com o dedo em riste” a gritar: “Corruptos, corruptos, vocês são uns corrompidos”, após ver o cartão vermelho.

O clube recorreu ao Tribunal Arbitral do Desporto e obteve razão. O Órgão informou nesta terça-feira que o jogador foi amnistiado ao abrigo da lei n.º 38-A/2023, que concede o ‘famoso’ perdão de penas e uma amnistia de infrações por ocasião da realização em Portugal da Jornada Mundial da Juventude , com a vinda do Papa Francisco para Portugal.

“Face ao acima exposto delibera o presente colégio arbitral amnistiar a infração pela qual o Demandante foi sancionado pela Demandada em sede de processo sumário de 31 de janeiro de 2023, nomeadamente, as sanções de suspensão por dois jogos e de multa de € 2.555,00 , por alegada prática da infração disciplinar prevista no artigo 158.º, cláusula a), do Regulamento Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional. 2, alínea c) do CPC ex vi artigo 80.º, a) da Lei do Tribunal Arbitral do Desporto)”, pode ler-se no comunicado publicado no site oficial do TAD, nesta terça-feira.

O jogo em causa, disputado a 28 de janeiro de 2023, acabou com uma vitória do FC Porto por 0-2, diante do Sporting, arrecadando assim a Taça da Liga.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button