Sporting preparado para realizar o seu maior investimento da história em 6 “reforços” já conhecidos

Na celebração do título no Marquês de Pombal, Rúben Amorim deixou claro que permanecerá no Sporting com o objetivo de conquistar o bicampeonato. A direção, liderada por Frederico Varandas, pretende reforçar o plantel com recursos significativos.

Segundo a edição desta quinta-feira do jornal A Bola, o clube de Alvalade prepara-se para fazer o maior investimento de sempre numa só janela de transferências, dispondo de um orçamento total de cerca de 70 milhões de euros.

Os leões já identificaram quatro posições prioritárias a reforçar, incluindo o centro da defesa. Zeno Debast, do Anderlecht, está praticamente garantido, com um custo de 18 milhões de euros.

Além disso, Fotis Ioannidis, avançado do Panathinaikos, pode ser o próximo a chegar. Embora este dossiê não esteja tão avançado, espera-se que o acordo possa ser fechado por cerca de 20 milhões de euros.

O Sporting também procurará adquirir um novo guarda-redes, devido à saída confirmada de Antonio Adán, e um extremo de qualidade indiscutível, especialmente porque a continuidade de Marcus Edwards ainda não está assegurada.