BenficaDesportoNacionalNotícias

Rui Costa explica a contratação antecipada de “reforço” que não chegou de assinar

Rui Costa procurou explicar a contratação de Bejamín Rollheiser junto do Estudiantes por parte do Benfica no mercado de janeiro.

O presidente encarnado assume que a ideia era a de que o argentino só se juntasse à equipa no final da época. Contudo, a saída de Gonçalo Guedes precipitou o negócio. Uma jogada que entende que irá contribuir para acelerar o processo de adaptação do avançado.

“Também já estava praticamente feito para o início da próxima época mas com a movimentação de Guedes e houve a possibilidade de trazê-lo [Rollheiser] nas mesmas condições de Marcos Leonardo. Acabámos por antecipar porque acreditamos que pode ser um elemento ainda importante nesta época. Se não, não faria sentido nenhum. Acima de tudo, antecipámos uma adaptação a uma realidade diferente. Pode ajudar a equipa no presente e ir-se adaptando e fazer o processo natural. Vai ser uma grande mais valia”, afirmou em entrevista à BTV.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button