Roger Schmidt pede mas uma chance e deixa forte promessa aos adeptos para a próxima época

Após o empate do Benfica diante do Rio Ave, Roger Schmidt lamentou a falta de eficácia na hora de finalizar, considerando que a sua equipa merecia o triunfo.

“Perdemos muitos pontos como hoje. Estou satisfeito com a exibição dos jogadores; mostraram boa atitude. Merecíamos ganhar este jogo por cinco ou seis a zero, mas eles tiveram um penálti e mereceram isso“, afirmou.

O técnico encarnado explicou as duas ausências mais notadas: Rafa e Di Maria.

“Rafa fez uma época longa e teve o perfeito adeus no passado fim de semana. O Ángel [Di María] teve pequenos problemas físicos e por isso não esteve na equipa. Foi uma época longa e difícil. Salvámos o segundo lugar; não estamos satisfeitos, mas temos de aceitar. Agora é analisar a época e evoluir, crescer com esta época”, referiu.

Schmidt aproveitou também para reconhecer que o penálti a favor dos vila-condenses foi bem assinalado.

“Estou satisfeito com a atitude dos jogadores. Fizeram um bom jogo na semana passada em casa e, neste jogo difícil, em casa do Rio Ave, criámos muitas oportunidades. Marcámos um golo e tivemos muitas chances para decidir cedo o jogo. No final, não conseguimos e cometemos um penálti bem assinalado, mereceram o golo. O adversário também só teve uma chance para marcar e usou esse momento. É um pouco desapontante olhar para o resultado, mas no final não era tão importante. Era claro que ficaríamos em segundo lugar, não chegaríamos ao primeiro, nem desceríamos para terceiro. Para mim, foi importante que voltámos novamente a mostrar atitude“, disse.

Sobre as perspetivas para a próxima época, Schmidt prometeu um Benfica de ataque, tal como nas últimas duas épocas.

“Penso que o estilo de futebol é bom, jogamos um futebol muito bom. Não concedemos muitas oportunidades aos adversários e criamos nós muitas oportunidades. Quando queres ganhar títulos, tens de ganhar jogos e para isso é sempre melhor ter mais oportunidades que o adversário. Temos de ver que jogadores vão sair, que jogadores vão chegar, e depois teremos novamente de nos tornarmos uma equipa. Temos de usar bem a pré-época, é crucial. Especialmente nestes tempos em que tens tantos jogos, durante a época não há tempo para treino tático. Teremos e vamos usar a pré-época para isso e depois veremos novamente um Benfica de ataque, como nesta época e na anterior. Acho que somos competitivos e temos todas as chances de ir novamente por títulos na nova época”, concluiu.

Schmidt terminou sublinhando a necessidade de descanso após uma longa e difícil temporada, mostrando-se otimista e determinado em preparar a equipa para os desafios futuros.