Reforço quer rumar ao FC Porto mais a Transferência do jogador acaba em tribunal

A Pesport Portugal, Lda, empresa que intermediou a transferência de André Franco do Estoril para o FC Porto, apresentou uma ação judicial contra a SAD do clube portista, reclamando uma dívida de 272.451,74 euros.

Processo Judicial

De acordo com o site da Federação Portuguesa de Futebol, a Pesport Portugal foi responsável por facilitar a transferência de André Franco para o FC Porto. Sentindo-se lesada, a empresa recorreu ao Tribunal Judicial da Comarca do Porto, onde deu entrada com um processo comum na passada quarta-feira. A ação foi formalmente distribuída no dia seguinte, como registado no portal Citius.

Contexto da Dívida

A reclamação financeira surge num contexto onde as operações de transferência de jogadores frequentemente envolvem montantes consideráveis e múltiplos intermediários. A Pesport Portugal alega que a SAD do FC Porto não cumpriu com as obrigações financeiras acordadas no âmbito da transferência do jogador, levando à necessidade de resolver a questão nos tribunais.

Este caso sublinha as complexidades e os desafios financeiros que podem surgir nos negócios do futebol, afetando tanto os clubes como as empresas que operam no setor. A resolução deste litígio dependerá agora das deliberações judiciais, com ambas as partes a aguardarem o desfecho do processo.