Reforço do Sporting Expulso da Seleção? Entenda o Drama Com Futuro Craque de Amorim

Confusão com o atleta instalou-se em 2023 e até a FIFA teve de ser ‘metida ao barulho’

Vladan Kovacevic, guarda-redes do Raków, terá assinado pelo Sporting para ser o substituto de Antonio Adán na próxima temporada. O guardião foi fechado pela estrutura verde e branca numa mudança envolta em muito secretismo, sendo apenas agora conhecida a intenção dos leões, que já terão tudo acertado com o jogador. Apesar de se destacar na Polónia, o atleta não é chamado à seleção nacional, devido a problemas no passado.

Nascido na Bósnia, Kovacevic também tem nacionalidade sérvia. No entanto, não é chamado a qualquer um dos dois países, estando a FIFA ‘metida ao barulho’. O futuro guarda-redes do Sporting representou o país natal nas camadas jovens, sendo chamado aos ‘A’ na temporada 2022/23. Vladan compareceu junto da comitiva, não sendo utilizado.

Em fevereiro de 2023 voltou a ser chamado, mas recusou, alegando que se tinha casado – facto comprovado. Os responsáveis da Bósnia não viram a atitude com bons olhos e ‘expulsaram’ o guardião. Mais tarde, Kovacevic tentou jogar pela Sérvia, visto ter dupla nacionalidade, mas, uma vez que tinha jogado pelos sub-21 do Plavo-zuti, a FIFA deu razão à Federação Bósnia (que tinha reclamado) e o jogador não pode ser convocado pelos sérvios, ficando livre de compromissos internacionais.

Quanto à mudança para Alvalade, o Sporting deverá fechar o negócio por valores que rondam os 5 milhões de euros mais objetivos. O ‘camisola 1’ do Rákow chega aos verdes e brancos para lutar com Franco Israel pela titularidade da baliza da equipa comandada por Rúben Amorim.

Vladan Kovacevic – avaliado em 7 milhões de euros – disputou 47 partidas pelo emblema que terminou no sétimo lugar do campeonato da Polónia: seis na Liga Europa (540’), oito na qualificação da Liga dos Campeões (720’), 29 no campeonato nacional polaco (2.610’), três na Pokal POL (330’) e um na Supertaça da Polónia (90’). Nos 4.290 minutos em campo, o guardião sofreu o total de 52 golos, o que dá uma médica de 1,11 tentos sofridos por encontro.

Confira alguns dos melhores momentos de Vladan: