BenficaDesportoNacionalNotícias

Polícia argentina detém alegada mentora das ameaças à família de Di María

Mais nove pessoas foram detidas pelas autoridades locais.

A ministra da Segurança Nacional da Argentina, Patrícia Bullrich, anunciou esta quinta-feira, através das redes sociais, que a Polícia Federal Argentina deteve mais novas pessoas alegadamente ligadas às ameaças a Ángel Di María e à família do extremo do Benfica.

A detenção foi realizada com a ajuda da Divisão da Unidade Operacional de Rosário, da Polícia Federal e das Forças Federais e culminou com o desmantelamento de um grupo de crimes ligados ao tráfico de drogas denominado “Los Monos”. Tamara León, chefe deste grupo, está entre os detidos e é acusada de ser mentora da ameaça a Di María.

Além das referidas nove detenções, os atacantes Pablo Ezequiel Acotto, Sara Bélen Gutierrez e Gabriel Ismael Pastore também já tinham sido presos.

“Desarticulamos a ramificação da gangue ‘los monos’, ligada às ameaças a Di María: nove detidos. Tamara León, a peça chave. Ela contratou Pablo Acotto para as ameaças, ela era seu chefe e líder de uma organização ligada a ‘Los Monos’. Após a prisão de Acotto, a Polícia Federal Argentina entrou em contato com ela e a detectou junto com oito membros de sua gangue, todos investigados por semear o caos com ameaças. Dei-vos a minha palavra: vamos prender todos os membros destas gangues. Estamos a consegui-lo”, escreveu Patricia Bullrich na rede social X.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button