DesportoFC PortoNacionalNotícias

Pinto da Costa revela carta emotiva ao plantel antes do clássico

A recente vitória avassaladora do FC Porto sobre o Benfica por 5-0, no emblemático clássico do futebol português, teve um ingrediente especial de motivação vindo diretamente do presidente do clube, Pinto da Costa.

Antes do confronto que se realizou no Estádio do Dragão, o dirigente deixou uma carta ao plantel azul e branco, incentivando os jogadores a recordarem-se da sua essência e da força que representam enquanto equipa.

Numa mensagem tocante, revelada pelo jornal O Jogo, Pinto da Costa escreveu: “Há coisas que a quem sabe nunca esquecem: nadar, andar de bicicleta e jogar futebol. Hoje lembrem-se do que sabem. Joguem com a cabeça, com coração e com o espírito do vosso treinador, o espírito do Dragão. Logo estaremos felizes! Boa sorte“.

Este apelo à memória da identidade e ao orgulho portista provou ser um potente motivador para a equipa, que entrou em campo demonstrando um nível de jogo superior, culminando numa goleada histórica ao rival.

Além da carta, Pinto da Costa partilhou com o mesmo jornal o seu contentamento pelo “espírito de grupo” evidenciado na conquista do resultado, reiterando a sua fé na equipa e na liderança de Sérgio Conceição.

“Se esperava? Tão robusta, não, mas a vitória não tinha a mínima dúvida. A equipa está bem, temos um treinador fantástico e há um grande espírito de grupo. É este o FC Porto que eu quero. Este é que é o nosso FC Porto, de todos“, afirmou entusiasmado.

O presidente dos dragões também aproveitou para destacar a performance da equipa não só no campeonato nacional mas também nas competições europeias, apontando para uma análise profunda sobre a discrepância de resultados. Pinto da Costa concluiu a sua reflexão valorizando a capacidade da sua equipa em neutralizar o Benfica, uma equipa que descreveu como forte, mas que no clássico parecia ofuscada pela dominância portista.

Este triunfo não só revigorou o espírito do FC Porto, como também estreitou a corrida pelo título da I Liga, aproximando os azuis e brancos do segundo lugar ocupado pelo Benfica, agora com uma diferença de seis pontos. O Sporting, por sua vez, mantém-se na liderança, mas a margem é mínima, prometendo uma reta final de campeonato intensa e imprevisível.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button