Inaceitável: Villas-Boas quer homenagear Conceição e deixa recado a Pinto da Costa

Presidente do FC Porto fala de uma “despedida condigna” para o antigo técnico.

André Villas-Boas, presidente do FC Porto, reconheceu esta sexta-feira que o processo que levou à saída de Sérgio Conceição não foi pacífico. Ainda assim, o líder dos azuis e brancos não esqueceu o legado que foi deixado pelo conimbricense e quer homenageá-lo.

“A única coisa que tenho a lamentar é não ter feito a despedida do míster Sérgio Conceição, como tinha combinado com ele no dia seguinte à tomada de posse. Falámos abertamente durante duas horas. Gostava muito de lhe ter oferecido uma despedida condigna, com todos os troféus ao seu lado, foi isso que combinámos até a conversa, infelizmente, ter terminado mal fruto desta linha de continuidade que víamos. Tenho muita convicção no que o Vítor Bruno pode fazer e no que representa”, afirmou Villas-Boas, na cerimónia de apresentação do novo treinador.

Tomei posse a 27 de abril, esperei pacientemente pela tomada de posse na SAD. Agora queremos dar passos firmes porque quero o FC Porto campeão nacional no próximo ano. O tempo urge e há muitos dossiers para fechar. O passado agora conta pouco. O que conta é o futuro. Que fique bem claro que essa homenagem é devida ao treinador que saiu. Escolha ele a data que escolher, aqui estaremos para o receber”, prosseguiu.

A fechar a conferência de imprensa, André Villas-Boas deixou um curto recado à anterior administração, que foi liderada por Jorge Nuno Pinto da Costa.

“Precisamos de construir um plantel vencedor, porque queremos ser campeões. Estamos numa situação limite. Felizmente, na forma como encontramos o clube, todo é uma janela de oportunidade. Estamos a dar os passos certos para um FC Porto consolidado e sustentado a nível financeiro. Um FC Porto, tal como nós o encontrámos quando os outros nos deixaram, comigo não irá acontecer. A situação com a qual nos deparamos… Não iremos deixar o clube nesta situação. Estamos a tomar passos muito firmes na sustentabilidade deste clube. Se formos criteriosos e planificarmos bem, teremos garantias de um plantel que se pode tornar vencedor”, finalizou.