Diogo Jesus Aconselha Sporting a Vender Pilar de Amorim para garantir “reforço” de peso

Jornalista do Record garante que leões podem investir o dinheiro noutro atleta

Morten Hjulmand está a ser apontado ao Atlético de Madrid. O médio do Sporting será o eleito por Diego Simeone para reforçar o meio-campo dos colchoneros, depois de ter dominado o dos leões de Rúben Amorim. Diogo Jesus, jornalista do Record, acredita que a Direção deve vender o dinamarquês.

“Sem dúvida que o médio dinamarquês foi peça fundamental do Sporting na conquista do campeonato e, com uma possível prestação positiva no Euro’2024, poderá valorizar ainda mais o seu valor de mercado. Agora, se um clube importante estiver na disposição de apresentar uma proposta interessente financeiramente aos leões, então a direção do clube poderá capitalizar os lucros do jogador noutro alvo para 2024/25”, garantiu, no diário desportivo.

Por outro lado, Teresa Dinis Oliveira defende a continuidade do ‘camisola 42’: “Embora o encaixe financeiro seja sempre importante para os clubes portugueses, Morten Hjulmand foi um jogador determinante para a conquista do campeonato por parte do Sporting. Se sair, deixará um vazio muito grande no meio-campo”.

Esta temporada, ao serviço do Sporting, Morten Hjulmand – avaliado em 30 milhões de euros – leva 48 encontros: 30 no Campeonato Nacional, 10 na Liga Europa, seis na Taça de Portugal e dois na Taça da Liga. Ao todo, nos 3.419 minutos que disputou, o médio marcou quatro golos e fez outras tantas assistências para os companheiros.

Morten Hjulmand chegou ao Sporting no início da presente temporada, oriundo do Lecce, a troco de 18 milhões de euros, mais 3 por objetivos, sendo a segunda contratação mais cara da história dos leões. O dinamarquês tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2028 e uma cláusula de rescisão de 80 milhões de euros.