BenficaDesportoNacionalNotícias

Após novo tropeço, presidente do Benfica quer a saída de Roger Schmidt, diz jornal

“Rui Costa tem de tomar posições, não pode continuar a encolher-se”

Gaspar Ramos defende, ainda, que Roger Schmidt “tinha de pedir desculpa” pela goleada sofrida pelo Benfica frente ao FC Porto.

Gaspar Ramos não poupou, esta segunda-feira, nas críticas dirigidas à exibição assinada pela equipa do Benfica no tão aguardado Clássico da 24.ª jornada da I Liga, frente ao FC Porto, que culminou numa pesada derrota, por 5-0.

Em declarações prestadas à Rádio Renascença, o antigo dirigente dos encarnados afirmou que os encarnados têm “o melhor plantel do campeonato e o pior treinador”. Referindo-se, especificamente, a Roger Schmidt, lamentou mesmo que este ande “há bastante tempo afastado da realidade”, dadas as decisões que toma.

“Este jogo foi humilhante. Ele [Roger Schmidt] tinha de pedir desculpa aos benfiquistas, em particular, e a todo o mundo do futebol por ter apresentado um futebol tão triste”, começou por atirar, sublinhando que todas as suas ideias “soam erradas”.

“Mas é a forma de ele ver e temos de aceitar, lamentavelmente. Ainda por cima prorrogámos o contrato com um treinador que, na altura, já estava a dar sinais de que não seria o que desejaríamos e agora temos de o aguentar”, acrescentou.

Gaspar Ramos virou, de seguida, baterias para o presidente, Rui Costa, que “foi um excelente jogador e deve perceber de futebol”: “Tem de tomar posições, não pode continuar a encolher-se e discutir com o treinador determinados problemas que acontecem com a equipa”.

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button