70 milhões por 4 reforços: Sporting prepara maior investimento de sempre

Leões vão ao mercado em busca de um guarda-redes, um defesa-central, um extremo e um avançado.

Rúben Amorim deixou bem claro, na festa do título, no Marquês de Pombal, que fica no Sporting com o objetivo claro de conquistar o bicampeonato. E a direção liderada por Frederico Varandas pretende municiar o plantel de ‘armas’ à altura.

De tal maneira que, de acordo com a edição desta quinta-feira do jornal A Bola, o clube de Alvalade prepara-se para levar a cabo aquele que será o seu maior investimento de sempre numa só janela de mercado de transferências, dispondo de um orçamento total na ordem dos 70 milhões de euros.

Os leões já têm, de resto, bem claras quais são as quatro posições prioritárias a reforçar, sendo uma delas o centro da defesa. Aqui, Zeno Debast já estará praticamente ‘fechado’, chegando proveniente do Anderlecht, a troco de 18 milhões de euros.

De seguida, pode acompanhá-lo Fotis Ioannidis, avançado do Panathinaikos. Um dossiê que, no entanto, não se encontra tão adiantado, mas existe a expetativa de que será possível alcançar um acordo por cerca de 20 milhões de euros.

O conjunto verde e branco procurará, ainda, adquirir um guarda-redes, face ao já confirmado ‘adeus’ de Antonio Adán, e ainda um extremo de qualidade indiscutível, até porque Marcus Edwards também não tem a contiuidade assegurada.